Ban pressiona líbios a aceitarem acordo político
BR

2 outubro 2015

Durante encontro de alto nível, secretário-geral da ONU destaca que país virou refúgio para movimentos terroristas e traficantes de seres humanos; segundo Ban Ki-moon, nenhum acordo é perfeito, mas documento ajudará Líbia a “sair do caos”.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Líbia foi tema de um debate de alto nível esta sexta-feira na sede da ONU, em Nova York, às margens da Assembleia Geral. No encontro, o secretário-geral destacou que pela primeira vez desde a revolução de 2011, os líbios têm diante deles um plano para o processo de transição política.

Ban Ki-moon fez um apelo aos partidos líbios para que coloquem suas diferenças de lado e aceitem o acordo político proposto.

Apoio

Segundo Ban, “nenhum acordo é perfeito, mas o documento ajudará a Líbia a sair do caos e criar um Estado democrático e estável”. O secretário-geral foi claro: quem não apoiar o documento será responsável por possíveis consequências e sofrimento.

No encontro, o chefe da ONU afirmou que a violência está levando a Líbia para um caminho de “morte, deslocamentos e destruição”.

Terrorismo

Ban Ki-moon disse que “movimentos terroristas estão ganhando base estratégica no país”, que se tornou um “refúgio para criminosos e traficantes de seres humanos”. Com isso, milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária.

O secretário-geral da ONU lamentou que esses sejam resultados de grupos rivais que “insistem em colocar problemas pequenos acima do povo líbio” e assim, “negam um futuro ao país”.

Aos líderes da Líbia, Ban Ki-moon destacou que o acordo político é o melhor caminho e poderá resultar em paz, estabilidade e na garantia dos direitos humanos.

Leia Mais:

Ban apresenta em 2016 grande plano de ação contra extremistas

Enviado para a Líbia diz que não se pode continuar a “negociar para sempre”

Representante da ONU cita entendimento para resolver crise na Líbia

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud