Fundação Gates e ONU apresentam visão para erradicar malária até 2040
BR

28 setembro 2015

Eliminar a doença poderá salvar 11 milhões de vidas e gerar US$ 2 trilhões em benefícios econômicos; investimentos para combater malária aumentaram 2.000% nos últimos anos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Um novo relatório lançado pelas Nações Unidas e pela Fundação Bill & Melinda Gates apresenta uma visão para erradicar a malária até 2040. Ao apresentar o documento, foi feito um apelo por doadores e países para mais compromissos de combate à doença.

A erradicação da malária poderá salvar 11 milhões de vidas e gerar US$ 2 trilhões em benefícios econômicos. O enviado especial do secretário-geral da ONU para a Malária falou que foram alcançados vários progressos nos últimos 15 anos.

Ambição

Segundo Ray Chambers, a comunidade internacional está agora numa “posição única de colocar um fim à doença para sempre”. Por isso, os próximos cinco anos serão vitais para colocar em prática o que Chambers considera ser “um plano ambicioso de erradicação da malária até 2040”.

O enviado da ONU pede novos investimentos e estratégias regionais para que o mundo possa estar livre da malária. O relatório informa que o investimento global de combate à malária aumentou 2.000%.

Investimentos

No ano 2000, os países investiam US$130 milhões e esse montante subiu para US$ 2,7 bilhões em 2013, o que levou “a uma transformação fundamental na luta contra a doença”.

Com isso, mais da metade dos países do mundo estão livres da malária; 6,2 milhões de vidas foram salvas e 662 milhões de casos foram evitados.

Na apresentação do relatório, Bill Gates falou sobre desafios: 1 bilhão de pessoas continuam sendo infectadas pelo parasita e a malária mata uma criança por minuto.

Segundo ele, controlar a doença não é suficiente, é preciso eliminar a malária do mundo, o que seria a única solução sustentável.

Leia Mais:

Unaids diz que ODS representam oportunidade histórica para o mundo

Entrevista: Brasil, combate à hepatite e os novos Objetivos de Desenvolvimento

Mortes por malária caíram em 60% desde o ano 2000

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud