Agência da ONU abre dois novos campos para deslocados iraquianos

24 setembro 2015

Sítios são na província de Badgad; Segundo ONU, Iraque tem a terceira maior população de deslocados internos do mundo.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, parceiros e autoridades locais anunciaram esta quarta-feira a abertura de dois campos para deslocados internos na província de Bagdad.

Os novos sítios estão a fornecer abrigo para quase 3,5 mil iraquianos que tiveram de fugir da província de Anbar por conta dos combates recentes.

Proteção

Em um comunicado, o representante do Acnur no Iraque, Bruno Geddo, afirmou que “embora a maioria das pessoas que foi deslocada à força preferisse voltar para casa, um abrigo seguro lhes dará proteção e um senso de dignidade” até que possam voltar em segurança.

O campo Sadr Yusufiya foi aberto esta terça-feira, a seis quilômetros da ponte Bzeibiz, principal acesso entre as províncias de Badgad e Anbar. O sítio vai acomodar 2 mil pessoas.

Deslocamento à Força

O campo Scout foi aberto a 16 de setembro, no bairro de Ghzaliya, em Badgad, e vai abrigar cerca de 1,5 mil deslocados internos que estavam se hospedando em prédios em construção.

De acordo com a ONU, o Iraque tem no momento a terceira maior população de deslocados internos no mundo. Cerca de 3,2 milhões de pessoas foram deslocadas desde janeiro de 2014, juntando-se a cerca de 1 milhão ainda deslocados ao longo da última década.

Leia Mais:

Violência no Iraque matou 1.330 mil pessoas em julho

Em consulta com OMS, governo iraquiano declara surto de cólera

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud