Negociadores líbios chegam a consenso sobre parte do acordo
BR

14 setembro 2015

Enviado das Nações Unidas disse que representantes dos diversos grupos concordaram com os principais pontos do documento para acabar com a crise no país; Bernardino León acredita que uma posição final possa ser alcançada até 20 de setembro.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O enviado da ONU para a Líbia, Bernardino León, afirmou neste domingo que os representantes dos grupos que negociam um fim para a crise na Líbia, concordaram com os principais pontos do acordo discutido na reunião realizada em Skhirat, no Marrocos.

León, que é também o chefe da Missão de Apoio das Nações Unidas no país, Unsmil, disse que após longas horas de discussões, os negociadores chegaram a um consenso em relação às questões principais do documento.

Apoio Total

Ele acredita que o texto acordado deverá receber apoio total de todos os grupos envolvidos no processo.

O enviado da ONU espera que depois que o acordo seja votado pela Câmara de Deputados e pelo Congresso Nacional Geral líbio, ele será endossado pelos outros grupos participantes nos próximos dias e estará pronto para ser firmado definitivamente até 20 de setembro.

León disse que “sabe que este será um processo difícil e que exigirá muito trabalho”, mas acredita que vai ser possível alcançar um acordo até a data prevista.

A Líbia sofre com uma guerra entre facções e grupos desde a revolução de 2011. Segundo a ONU, a situação piorou nos últimos meses com um aumento da violência e da fragmentação política.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud