FAO: nova iniciativa ajuda países com escassez de água
BR

24 agosto 2015

Imagens de satélite podem fornecer novas informações sobre como o recurso agrícola pode ser usado “de forma mais eficiente e produtiva”; Semana Mundial da Água acontece até sexta-feira; encontro começou no domingo, na Suécia.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Um novo banco de dados de livre acesso sobre água será desenvolvimento pelo Programa das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

O objetivo é utilizar imagens de satélite para ajudar países no Oriente Próximo e norte da África a gerenciar melhor este “precioso” recurso.

Mudança Climática

Segundo a agência da ONU, atualmente, todos os países do norte da África e do Oriente Próximo sofrem de “escassez de água grave”, com consequências “significativas” para agricultura irrigada, o maior uso de água da região.

A situação deve se intensificar com a mudança climática levando a secas mais longas e frequentes, com graves impactos à produção de alimentos.

Satélite

O objetivo do novo portal de dados é coletar e analisar informações de satélite que podem ser usadas para aumentar a produtividade da terra e da água e impulsionar a sustentabilidade dos sistemas agrícolas.

Toda a informação será disponibilizada para países e usuários que precisem.

Produtividade

O apoio técnico vai incluir ajuda aos países no monitoramento da produtividade de terra e água, identificar lacunas e propor soluções para reduzi-las, contribuindo para o aumento sustentável da produção agrícola.

O projeto de quatro anos está sendo financiado pelo governo da Holanda. Ele será implementado pela FAO, em cooperação com Unesco-IHE, instituto de educação voltado a temas relacionados à água, e outros parceiros.

O desenvolvimento do banco de dados deve começar em outubro de 2015.

Semana Mundial da Água

A FAO apresentou o novo projeto no início da Semana Mundial da Água, que ocorre entre 23 e 28 de agosto, em Estocolmo, na Suécia.

Neste ano, o encontro é dedicado à água e ao desenvolvimento sustentável. Durante a conferência, a FAO também está fazendo apresentações sobre suas diversas iniciativas regionais em relação à escassez de água.

A agência da ONU está atualmente liderando dois projetos relacionados a monitorar progressos para os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, SDGs, incluindo o de número 6, que diz respeito aos recursos hídricos mundiais.

Uso Crescente

Segundo a FAO, em todo o mundo, o uso da água tem aumentado em mais de duas vezes a taxa de crescimento da população no último século.

Escassez crescente e competição por água são grandes ameaças para o futuro da segurança alimentar e alívio da pobreza, especialmente em áreas rurais.

Até 2025, a expectativa é de que 1,8 bilhão de pessoas vivam em países ou regiões com escassez “absoluta” de água e dois terços da população mundial podem estar “sob condições de stress”.

Leia Mais:

FAO: estimativas são de 5 trilhões de peças de plástico boiando nos oceanos