OIM: mais de 2 mil migrantes morreram no mar Mediterrâneo em 2015

7 agosto 2015

Mais de 2 mil migrantes morreram até o momento este ano tentando atravessar o Mediterrâneo para chegar à Europa. Segundo a Organização Internacional para Migrações, OIM, isto confirma que esta é a "rota mais fatal para migrantes em busca de uma vida melhor".

Ainda de acordo com a agência parceira da ONU, no mesmo período do ano passado, 1.607 migrantes morreram. Em todo o ano, um total de 3.279 perderam a vida.

Assim como em 2014, a grande maioria morreu no Canal da Sicília na rota do Mediterrâneo Central que liga a Líbia à Itália. Segundo a OIM, embarcações sem condições de navegar usadas por contrabandistas e traficantes aumentam muito a probabilidade de que tragédias aconteçam.

Confira a reportagem de Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da GloboNews.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud