Ban: “Países fizeram história ao aprovar agenda ambiciosa e transformadora”
BR

3 agosto 2015

Secretário-geral se refere ao conjunto de objetivos sobre o desenvolvimento sustentável, que deverá ser cumprido nos próximos 15 anos; acordo sobre texto do documento foi alcançado no domingo, mas nova agenda será adotada em setembro.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Na noite de domingo, os 193 países que fazem parte da ONU chegaram a um consenso sobre o texto da nova agenda global sobre desenvolvimento sustentável. O conjunto de 17 metas será adotado oficialmente em setembro, com prazo de cumprimento até 2030.

Na tarde desta segunda-feira, o secretário-geral das Nações Unidas se pronunciou sobre o acordo alcançado, durante uma coletiva de imprensa em Nova York.

Inovação

Ban Ki-moon afirmou que os Estados-membros “fizeram história ao aprovar uma agenda de desenvolvimento sustentável “corajosa, ambiciosa e transformadora” para os próximos 15 anos.

Segundo o chefe da ONU, o acordo é produto de mais de três anos de esforços, que começaram na conferência Rio+20, em 2012. Ban agradeceu aos países, à Assembleia Geral, aos setores privado e acadêmico, aos parlamentares e a “milhões de pessoas no planeta que compartilharam suas visões”, o que para ele foi “um processo épico e inovador”.

Fim da Pobreza

O secretário-geral afirmou que essa é realmente uma “agenda do povo”. O documento foi batizado de “Transformando nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

São 17 objetivos para o fim da pobreza global, para uma vida digna para todos e para a promoção de atitudes que beneficiem o planeta e as gerações futuras.

Compromisso

A agenda também busca acabar com barreiras para o desenvolvimento sustentável, incluindo desigualdade, padrões de produção e de consumo insustentáveis, infraestrutura inadequada e falta de empregos decentes.

O secretário-geral Ban Ki-moon afirmou também que para o sucesso da nova agenda de desenvolvimento sustentável, é essencial uma cooperação multilateral por meio de um “parceria global revitalizada entre nações e os cidadãos do mundo”.

Leia Mais:

Ban saúda acordo sobre agenda de desenvolvimento pós-2015

Secretário-geral pede parcerias em prol de Estados insulares

Mundo terá 9,7 bilhões de habitantes em 2050

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud