Burundi: Ban revela grande apreensão após assassinato de proeminente general

3 agosto 2015

Secretário-geral elogia presidente Pierre Nkurunziza pelo apelo à calma; autoridades competentes instadas a investigar rapidamente o assassinato ocorrido no domingo em Bujumbura.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU disse estar a "observar com grande preocupação"o agravamento permanente do ambiente de segurança no Burundi.

Em nota, emitida esta segunda-feira , Ban Ki-moon revela que o cenário segue-se a um "período eleitoral marcado pela violência e pela violação dos direitos humanos, incluindo o direito à vida."

General Nshimirimana

O chefe da ONU condena com veemência o assassinato do general Adolphe Nshimirimana, ocorrido no domingo. Agências de notícias informaram que foram disparados tiros e foguetes contra a viatura do proeminente comandante militar na área de Kamenge, na capital Bujumbura.

Ban Ki-moon saudou a mensagem do presidente burundês Pierre Nkurunziza à nação para que seja mantida a calma e às entidades competentes para "apurarem rapidamente o assassinato" com vista a levar os responsáveis à justiça.

Diligência

O apelo do chefe da ONU às autoridades do Burundi é que "investiguem outros assassinatos políticos recentes" de forma diligente.

O secretário-geral reiterou o seu pedido aos burundeses para que retomem sem demora um diálogo inclusivo.

Para Ban,  as suas diferenças devem ser resolvidas de forma pacífica sob a mediação do presidente ugandês Yoweri  Museveni, tal como foi mandatado pela Comunidade dos Países da África Oriental.

Leia Mais:

ONU: ambiente global não propiciou “processo eleitoral inclusivo” no Burundi

Ban apela à manutenção da calma após votação no Burundi

Em dia de eleições no Burundi, secretário-geral pede clima pacífico

Burundi: relatores querem ação do Conselho de Segurança

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud