Cruz Vermelha alerta que milhares precisam de ajuda no Nepal
BR

23 julho 2015

Organização afirmou que três meses após os terremotos que arrasaram parte do país os trabalhos humanitários continuam; mais de 8,8 mil morreram e mais de 800 mil casas foram destruídas ou danificadas.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Cruz Vermelha alertou que três meses depois dos terremotos que arrasaram parte do Nepal, milhares de pessoas continuam precisando de ajuda humanitária para suprir suas necessidades básicas.

Além da Cruz Vermelha Internacional, o Movimento Crescente Vermelho e a Sociedade da Cruz Vermelha no Nepal trabalham juntos para fornecer abrigos, assistência médica e água potável nos 14 distritos mais atingidos pelos tremores de terra.

Efeitos

O representante da organização no país afirmou que “os efeitos devastadores do desastre continuam para muitos”.

Segundo Dev Ratna Dhakhwa, a prioridade neste momento é alcançar as comunidades em áreas remotas nas montanhas antes que elas fiquem isoladas pela temporada de monções, cujas fortes chuvas alagam toda a região.

Ele explicou que as estradas são estreitas e com as chuvas ocorrem muitos deslizamentos de terra. A Cruz Vermelha avalia a cada hora quais são as rotas mais seguras para transportar a ajuda humanitária.

Para agravar o problema, muitos nepaleses abandonaram suas casas destruídas em busca de abrigo em outras regiões.

Equipes Médicas

O chefe da delegação da Cruz Vermelha Internacional, Al Panico, afirmou que a organização está empenhada em fornecer não somente abrigos, mas também alimentos e materiais não perecíveis à população.

Equipes médicas estão prontas para prestar atendimento e as autoridades falam sobre a necessidade de um apoio psicológico de longo prazo.

Panico disse que as agências humanitárias têm um programa de recuperação com o objetivo de ajudar as pessoas a reconstruírem suas vidas.

O terremoto que atingiu o Nepal em 25 de abril, medindo 7,8 pontos na escala Richter, foi seguido de outro quase do mesmo nível em 12 de maio.

Um total de 5,6 milhões de nepaleses foram afetados pelo desastre natural, 8,8 mil morreram e mais de 800 mil casas foram destruídas ou danificadas.

Leia Mais:

PMA está a destruir 7,8 ton de arroz impróprio para consumo no Nepal

ONU alerta que impostos e alfândega atrasam entrega de ajuda no Nepal

PMA usa guias de montanhas para levar comida a áreas remotas no Nepal

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud