Nações Unidas condenam explosão de bomba no norte do Afeganistão
BR

22 julho 2015

Pelo menos 19 civis morreram com o ataque em mercado no distrito de Almar; representante da ONU no país lamenta ação “que demonstrou desrespeito chocante pela vida humana”.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, condenou esta quarta-feira um ataque a bomba em Almar, um distrito da província de Faryab, no norte do país.

Pelo menos 19 civis morreram e 28 foram feridos com a explosão em um mercado. O representante da ONU no Afeganistão e chefe da Unama classificou o bombardeio como um “terrível ataque contra civis, que demonstrou um desrespeito chocante pela vida humana”.

Proibição

Nicholas Haysom lembrou que a Unama já pediu várias vezes a proibição de armas que “matam de forma indiscriminada e são utilizadas em áreas povoadas por civis”.

Agências de notícias destacam que um homem-bomba detonou um veículo lotado de explosivos em frente a um mercado, que estava lotado de pessoas. A Unama enviou seus pêsames aos familiares dos mortos e os votos de uma rápida recuperação para os que ficaram feridos com a explosão.

Leia Mais:

Ban alerta para papel da sociedade civil em emergências humanitárias

Unodc afirma que 246 milhões usaram drogas ilícitas em 2013

ONU e governo afegão lançam sistema online contra narcóticos