Iraque já tem mais de 3 milhões de deslocados internos
BR

21 julho 2015

Organização Internacional para Migrações identificou total de desalojados desde o começo de 2014; 67% vive em casas alugadas, hotéis ou com outras famílias; outros estão abrigados em prédios inacabados ou em escolas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A Organização Internacional para Migrações, OIM, identificou mais de 3,1 milhões de iraquianos desalojados pelo conflito desde o começo do ano passado.

A maioria, ou 67%, está vivendo em alojamentos privados, como casas alugadas, hotéis, ou morando com outras famílias. Mais de 20% dos deslocados internos estão abrigados em prédios inacabados, centros religiosos ou escolas.

Deslocamentos

E quase 8% desses civis estão vivendo em acampamentos para deslocados internos. Enquanto as Forças de Segurança Iraquianas tentam ganhar o controle da cidade de Fallujah, cercada por grupos armados, a OIM identificou 75 mil deslocados internos que saíram da região desde o dia 8.

Para ajudar os iraquianos durante o verão, a OIM distribuiu ventiladores, colchões, lençóis, lonas de plástico, caixas térmicas e kits de higiene para 138 mil famílias.

Ajuda

A entidade, parceira da ONU, também fornece abrigo e assistência psicossocial e de saúde. 

Uma mulher de Tikrit contou aos funcionários da OIM que seu marido saiu para fazer compras e nunca mais voltou. Ele foi assassinado e a família nunca soube o motivo.

Quando o Isil invadiu a cidade, há alguns meses, a mulher fugiu com seus filhos e agora todos moram com uma tia dela na capital iraquiana, Bagdá, e recebem assistência da OIM.

Leia Mais:

Ocha vai suspender fornecimento de água no Iraque

Ban condena ataque a bomba que matou mais de 100 no Iraque 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud