PMA está a destruir 7,8 ton de arroz impróprio para consumo no Nepal

21 julho 2015

Agencia da ONU informou que decisão foi tomada depois do alimento ter sido examinado em laboratório; Programa Mundial de Alimentação conseguiu entregar comida para 2 milhões de pessoas desde os terremotos que atingiram país em abril e maio.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, anunciou que está em processo de destruir quase oito toneladas de arroz em Gorkha, no Nepal.

Segundo a agência da ONU a decisão foi tomada depois de exames de laboratório feitos no Departamento de Tecnologia Alimentar e Controlo de Qualidade terem mostrado que a comida está contaminada e é imprópria para o consumo.

Operações

A diretora do programa da ONU no país, Pippa Bradford, disse que “seguindo os padrões da agência, as operações para eliminar o alimento vão ser implementadas sob a supervisão das autoridades do governo nepalês”.

Desde os terremotos de abril e maio que arrasaram parte do país, a resposta humanitária do PMA está a ser feita em parceria com as autoridades nepalesas.

A agência já conseguiu levar comida e também outros tipos de ajuda para mais de 2 milhões de pessoas em muitas regiões de difícil acesso.

A ONU informou que a tragédia no Nepal deixou mais de 8,8 mil mortos e milhares de feridos. Além disso, os tremores de terra destruíram quase 600 mil casas e danificaram outras 285 mil.

Aproximadamente 2,2 milhões de pessoas ficaram desabrigadas.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia Mais:

ONU alerta que impostos e alfândega atrasam entrega de ajuda no Nepal

Ban alerta para papel da sociedade civil em emergências humanitárias

Um mês após terremoto no Nepal, Unicef apoia preparação para volta às aulas

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud