Unamid muito preocupada com confrontos tribais em Darfur Sul

16 julho 2015

Missão conjunta da ONU e da União Africana cita aumento das tensões entre Reizegat e Habaniya num vilarejo a 150 km de Nyala; testemunhas falam em mortes e feridos dois dois lados.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão Conjunta das Nações Unidas e da União Africana em Darfur, Unamid, expressou esta quinta-feira séria preocupação com a escalada dos confrontos entre as tribos Reizegat e Habaniya, no Sudão.

A violência tribal ocorreu esta semana na localidade de Al Sunta, a 150 km de Nyala, em Darful Sul. Várias testemunhas confirmaram que pessoas das duas tribos foram mortas ou feridas.

Diálogo

A violência aumentou após um incidente envolvendo roubo de gado. A Unamid pede aos líderes e integrantes das duas tribos a exercer contenção da força e para resolver suas disputas por meio do diálogo.

A missão está preocupada com o possível aumento da violência, com mais mortes e potencial fuga de pessoas inocentes. A situação em Darfur Sul está a ser acompanhada de perto pela Unamid.

Dentro da capacidade do seu mandato, a missão está a fazer o possível para proteger os civis e apoiar esforços do governo e dos líderes tribais no sentido de diminuir as tensões e conseguir a reconciliação entre os Reizegat e os Habaniya.