Ban: ataque no Chade é lembrete que “terrorismo não conhece limites”

13 julho 2015

Atentado ocorreu no sábado, no mercado central da capital do país; segundo agências de notícias, pelo menos 15 pessoas morreram.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU condenou de forma veemente o ataque terrorista que ocorreu sábado na capital do Chade, N'Djamena.

Segundo agências de notícias, a ação de um bombista suicida no mercado central da cidade deixou pelo menos 15 mortos.

Ataque Brutal 

Em um comunicado emitido neste domingo por seu porta-voz, Ban Ki-moon afirmou que “este ataque brutal a civis durante o mês do Ramadã é um lembrete de que o terrorismo não conhece limites”.

O chefe da ONU enviou condolências às famílias das vítimas, à população e ao governo do Chade. Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

Ban reiterou a importância de uma maior “colaboração entre os países da região para combater o terrorismo de forma mais eficaz aderindo, ao mesmo tempo, às leis humanitárias, de direitos humanos e sobre refugiados”.

Leia Mais:

Ban condena atentados que mataram pelo menos 25 pessoas no Chade

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud