Ban deplora continuação da violência no Burundi

2 julho 2015

Pelo menos seis pessoas foram mortas na capital Bujumbura; secretário-geral afirma que incidentes são um lembrete da necessidade do país resolver suas diferenças pelo diálogo.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança da ONU realizou uma reunião nesta quinta-feira sobre os últimos desenvolvimentos no Burundi. A situação no país continua a ser acompanhada de perto pelo secretário-geral.

Ban Ki-moon deplorou os relatos sobre a violência no país, após a confirmação de que seis pessoas foram mortas na quarta-feira na capital Bujumbura. O chefe da ONU fez um apelo aos civis do país, para que expressem suas visões de forma pacífica.

Eleições

Às autoridades do Burundi, Ban Ki-moon pede contenção máxima ao lidar com incidentes de segurança. Para o secretário-geral, as mortes recentes foram um lembrete sobre a necessidade dos cidadãos resolverem suas diferenças por meio do diálogo construtivo.

Ban diz que o entendimento é essencial para a realização de eleições pacíficas e credíveis. O país teve eleições parlamentares na segunda-feira e as presidenciais estão marcadas para este mês.

Leia Mais:

Quase 10 mil civis fugiram do Burundi no fim de semana

Em dia de eleições no Burundi, ONU pede espaço para o diálogo

Chefe da ONU pede ao Burundi que pondere adiamento das eleições

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud