OMS confirma novo caso de ébola na Libéria

30 junho 2015

Paciente era da província de Margibi, que fica ao norte da área costeira do país; seu corpo foi enterrado de maneira segura para evitar novas transmissões; Ministério da Saúde investiga o caso; país havia sido declarado livre do vírus.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, confirmou esta terça-feira que houve um novo caso de ébola na Libéria. O país havia sido declarado livre do surto em 9 de maio.

As autoridades da Libéria informaram à OMS que um laboratório do país analisou uma amostra colhida de uma pessoa doente e o resultado do teste para o ébola foi positivo.

Vigilância

O paciente era da província de Margibi, ao norte da área costeira do país. A pessoa não sobreviveu e seu corpo foi enterrado de maneira segura a evitar novas transmissões, garante a OMS.

O Ministério da Saúde da Libéria está a conduzir as investigações e a OMS destaca que o sistema de vigilância do ébola está a funcionar. O teste foi conduzido apenas após a morte do paciente porque segundo a agência da ONU, havia suspeitas em relação aos sintomas.

Quarentena

O porta-voz da OMS ressaltou que o novo caso de ébola apenas mostrou como é importante manter a vigilância. Tarik Jasarevic explicou que a Libéria necessita agora esperar o período de incubação de 42 dias e não ter nenhum novo caso de transmissão nesse período para que se possa ter certeza de que está mesmo livre do vírus.

Desde o início do surto, há mais de um ano, foram registados mais de 27,4 mil casos de ébola e mais de 11,2 mil pacientes morreram. A maioria dos casos ocorreu na Libéria, Serra Leoa e Guiné-Conacri.

Leia Mais:

Guiné-Bissau: comunidades rurais podem lidar melhor com eventual surto de ébola | Rádio das Nações Unidas

Fluxo de investimento estrangeiro direto em África foi estável em 2014

OIM apoia ações para reduzir ébola para zero casos na Serra Leoa

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud