Mandato da missão da ONU em Darfur é estendido por mais um ano

29 junho 2015

Por resolução adotada pelo Conselho de Segurança, número de militares da Unamid fica mantido em mais de 15,8 mil; órgão está muito preocupado com a séria piora da segurança no Sudão.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança expressou esta segunda-feira sua “profunda preocupação com a séria piora” da segurança em Darfur, no Sudão. Por isso, o órgão decidiu estender até 30 de junho de 2016 o mandato da Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid.

Na resolução aprovada por unanimidade pelo Conselho, ficou estipulada a permanência do contingente da missão, formado por 15.845 militares e mais de 1,5 mil polícias.

Proteção de Civis

O texto da resolução cita a falta de progressos no terreno e reforça as prioridades estratégicas da Unamid: proteção dos civis, facilitar a entrega de assistência humanitária e ajudar na mediação das conversas entre o governo sudanês e movimentos armados.

Outra prioridade da Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur deve ser dar respostas mais eficientes e rápidas a ameaças de violência contra os civis, além de continuar a patrulhar áreas onde o risco de conflito é alto.

Abusos

Sobre a implementação completa do acordo de paz de Doha, o Conselho de Segurança “deplorou a continuação de atrasos sérios” neste sentido e exigiu de todos os lados em conflito o fim dos atos de violência e um cessar-fogo permanente.

A resolução adotada também pede o fim imediato dos confrontos intertribais e da criminalidade que afeta os civis. Ao governo do Sudão, é feito um pedido para investigação de abusos e de violações dos direitos humanos, como atos cometidos contra mulheres e crianças.

Leia Mais:

ONU fala de mais de 78 mil desalojados devido ao conflito em Darfur este ano

Acnur preocupado com sequestro de 14 eritreus candidatos a asilo no Sudão

Darfur: Unamid anuncia recuperação de veículos roubados por homens armados

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud