Dia do Marinheiro quer promover carreira no mar
BR

25 junho 2015

Data é comemorada esta quinta-feira, 25 de junho; OMI prevê escassez de marítimos no futuro; representante da agência da ONU diz que profissão é viável, atraente e emocionante.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Marítima Internacional, OMI, quer comemorar o Dia do Marinheiro, este 25 de junho, promovendo a carreira no mar.

A chefe de Tecnologia Marinha da agência da ONU, Sandra Allnutt, afirmou que existe uma escassez de marítimos prevista para o futuro.

Jovem

De Londres, em entrevista à Rádio ONU, a representante da organização falou sobre o assunto.

“Muita gente jovem não considera a carreira marítima como uma opção viável e na realidade é uma opção viável, atraente e eu poderia falar até mesmo emocionante. É uma carreira onde você tem a possibilidade de crescer, começando desde as posições mais difíceis, mais baixas até se tornar o capitão do navio ou o chefe de máquinas.”

Sandra Allnutt disse que quem escolher essa profissão vai aprender muito, vai interagir com pessoas de outras nacionalidades e culturas, sem falar no fato de que terá a oportunidade de conhecer o mundo.

Dificuldades

Mas ela falou também sobre as dificuldades da profissão.

“Ao mesmo tempo eu não poderia mentir dizendo só coisas positivas. É difícil, a pessoa que trabalha no mar passa as vezes meses longe de casa, da família e dos amigos. Porém, hoje em dia, com a tecnologia, a internet, as pessoas têm condições de usar Skype a bordo, tem formas de se comunicar mais facilmente do que muitos anos atrás.”

Para compensar esse sacrifício, ela disse que pelas dificuldades da carreira, o salário vem aumentando consideravelmente e tem melhorado a qualidade dos profissionais que trabalham no setor.

Para os interessados, a OIM lançou a campanha #CareeratSea, “Carreiras no Mar”, numa tradução direta, que traz informações sobre o assunto e como participar da iniciativa. Além disso, as pessoas podem visitar também o website da agência em http://www.imo.org/