Hospital do Subúrbio, em Salvador, recebe prêmio das Nações Unidas
BR

23 junho 2015

No Dia Internacional do Serviço Público, hospital público de gestão privada ganha o segundo lugar na categoria “Melhorando a Entrega do Serviço Público”; Ban Ki-moon afirma que prêmio reconhece inovação e liderança.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Hospital do Subúrbio, localizado na capital da Bahia, Salvador, está sendo reconhecido com um prêmio das Nações Unidas. O hospital público de gestão privada ganhou o segundo lugar entre os concorrentes da América Latina na categoria “Melhorando a Entrega dos Serviços Públicos”.

O hospital funciona desde 2010 no Subúrbio Ferroviário do município de Salvador, que trata pacientes adultos e pediátricos em urgências e emergências. A ONU destaca que no primeiro ano de operações, mais de 350 mil pacientes foram atendidos e o hospital gerou emprego para 1,2 mil médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

Cerimônia

Além do hospital brasileiro, outras 21 instituições de 18 países recebem da ONU o prêmio por “projetos inovadores de serviço público que contribuem para a nova agenda global de desenvolvimento”.

A cerimônia de entrega será na quinta-feira, na cidade de Medellín, na Colômbia, onde ocorre o fórum da ONU sobre serviços públicos. Instituições do Azerbaijão, Equador, Espanha, França, Índia, Quênia e Tailândia também serão premiadas.

Dia Internacional

Num comunicado, o secretário-geral Ban Ki-moon declarou que o prêmio “reconhece que inovação e liderança contribuem para que comunidades e grupos marginalizados recebam serviços melhores e de confiança”.

Nesta terça-feira, 23 de junho, a ONU comemora o Dia Internacional do Serviço Público que é, segundo Ban, uma “data para celebrar a dedicação dos servidores públicos”.

Ban saúda “os esforços incansáveis dos funcionários para fornecer serviços eficientes e inclusivos que estejam disponíveis para todos”.

O chefe da ONU lembra que o mundo enfrenta enormes desafios “sociais, econômicos e ambientais”, por isso é vital garantir que os serviços públicos sejam de confiança.

Acordos

Ban Ki-moon diz que 2015 é o ano para ação global: em julho, a ONU faz uma conferência sobre financiamento para o desenvolvimento; em setembro, será adotado o novo conjunto de Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável pós-2015 e em dezembro, deve ser assinado em Paris um novo acordo sobre mudança climática.

Segundo o chefe da ONU, essas são ocasiões para se reforçar a liderança dos serviços públicos. Neste sentido, ele pede aos governos que adotem “abordagens inovadoras e integradas para promover a mudança política”.

Outras medidas necessárias na avaliação de Ban Ki-moon são: coordenação institucional, decisões participatórias e serviços eficientes, inclusivos e responsáveis.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud