Mediador saúda aceitação de plano de transição líbia por deputados de Trípoli

17 junho 2015

Representante do secretário-geral disse esperar que parlamento de Tobruk também adote a proposta; Bernardino León quer demonstração de vontade política e concessões para o fim da crise.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O representante especial do secretário-geral para a Líbia, Bernardino León, disse estar satisfeito com a aceitação da proposta de acordo sobre autoridades de transição no país pelos representantes do parlamento de Trípoli.

Em nota, divulgada esta quarta-feira pela ONU, o representante disse esperar o mesmo do parlamento de Tobruk. Ele revelou que continuam os debates e o envolvimento das partes em torno do acordo apresentado a 8 de junho.

Tobruk

Após a retirada do governo reconhecido para o leste do país devido à ação de milícias em agosto, a Líbia passou a ter dois governos e dois parlamentos.

Na altura, o enviado defendeu que o projeto que acabava de apresentar oferece uma visão da arquitetura e da segurança institucionais. A proposta também inclui medidas provisórias de apoio ao restante período de transição no país.

Para León, o documento propõe instituições com capacidade e ferramentas necessárias para governar de forma eficaz e de acordo com os princípios democráticos, a separação de poderes, e o controlo e equilíbrio adequados.

Oportunidade

O mediador revelou que a Missão das Nações Unidas na Líbia, Unsmil, deixou claro e acredita que o acordo oferece a melhor oportunidade para o fim da crise no país.

A expectativa é que seja definido um rumo que vá de acordo com os objetivos da revolução de 2011. León pediu que os líderes demonstrem vontade política e que façam concessões para que a meta seja alcançada.

Leia Mais:

Líbia: enviado da ONU pede libertação "imediata" de reféns tunisianos

Em Berlim, representantes líbios renovam compromisso com soberania

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud