Enviado revela esperança e otimismo em relação a acordo sobre transição líbia

10 junho 2015

Última versão da proposta está a ser analisada na cidade marroquina de Skhirat; segundo Bernardino León, projeto prevê instituições capacitadas e ferramentas para governação eficaz.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O representante especial do secretário-geral para a Líbia disse haver um sentimento geral de esperança e de otimismo quanto a um entendimento sobre a proposta para formar uma administração interina no país.

Falando a jornalistas, em Marrocos, Bernardino León, mencionou um possível "consenso triplo" refletido na sociedade líbia, nos participantes do diálogo e na comunidade internacional.

Transição

O enviado defendeu que o projeto apresentado às partes oferece uma visão da arquitetura e da segurança institucionais. Além disso, afirmou que prevê disposições provisórias para apoiar o restante período de transição no país.

León explicou ainda que o documento propôs instituições com capacidade e ferramentas necessárias para governar com eficácia garantindo, ao mesmo tempo,  uma ligação aos princípios democráticos, à separação de poderes, e ao controlo e equilíbrio adequados.

Fazer a Paz

Ao apresentar o projeto, o representante disse que tinha finalmente chegado o momento para que as partes tomassem a difícil decisão de fazer a paz e iniciar o processo de reconciliação nacional.

Cinco meses de negociações antecederam a reunião, que decorre desde esta segunda-feira na cidade marroquina de Skhirat. O enviado considerou necessário mais tempo para discutir os detalhes da proposta de acordo.

León apelou ao forte apoio dos grupos armados, sem o qual o acordo político não terá sucesso.

Leia Mais:

ONU expressa convicção de que nova ronda de diálogo líbio será decisiva

Enviado da ONU alerta para situação “verdadeiramente no limite” na Líbia

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud