Novo chefe do Ocha libera US$ 15 milhões para Burundi
BR

2 junho 2015

Stephen O’Brien assumiu o cargo de subsecretário-geral para Assuntos Humanitários no lugar de Valerie Amos; dinheiro será usado para ajudar milhares de refugiados burundineses que estão em Ruanda e na Tanzânia.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O novo subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, Stephen O’Brien, anunciou a liberação de US$ 15 milhões, o equivalente a R$ 47 milhões, para ajudar refugiados do Burundi.

O dinheiro do Fundo Central de Resposta de Emergência, Cerf, vai servir de apoio a milhares de burudineses que estão em Ruanda e na Tanzânia.

Violência Política

Segundo o Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, mais de 70 mil pessoas, muitas delas crianças, fugiram para países vizinhos, desde o início da violência política que começou na capital, Bujumbura, em abril.

Aproximadamente 46 mil burundineses estão refugiados na Tanzânia e 26 mil em Ruanda.

O’Brien afirmou que “crianças estão chegando nas fronteiras doentes e desnutridas. Muitas estão desacompanhadas ou foram separadas de suas famílias”.

O subsecretário-geral disse que esse dinheiro será usado para apoiar os refugiados e as comunidades que os estão abrigando. Eles necessitam urgentemente de tendas, água, comida e serviços de proteção e saúde.

Saúde

Agências de ajuda na Tanzânia alertaram sobre as difíceis condições de vida dos refugiados, principalmente em relação à saúde. Os especialistas dizem que o surto de cólera já matou 30 pessoas na região.

Em Ruanda, a preocupação maior é com o estado de saúde das crianças. Elas representam 60% dos refugiados que chegaram ao país.

Stephen O’Brien assumiu, nesta segunda-feira, o cargo de subsecretário-geral para Assuntos Humanitários no lugar de Valerie Amos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud