Relatório aponta que houve 508 mil mortes violentas no mundo entre 2007 e 2012

13 maio 2015

O relatório "Peso da Violência Armada Global 2015" alerta que o número de mortes violentas no mundo atingiu 508 mil no período entre 2007 e 2012.

A ONG "Pesquisa sobre Armas Pequenas", autora do documento e parceira do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, afirmou que houve uma redução em relação as 528 mil mortes violentas registradas entre 2004 e 2009.

O estudo alerta que os três países mais violentos do mundo em 2012 foram Síria, Honduras e Venezuela. A Líbia ficou um pouco mais atrás.

A violência letal está concentrada num pequeno grupo de nações, 25% dessas mortes ocorreram em 18 países que representam apenas 4% da população mundial.

Mais informações com Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da GloboNews.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud