OMS divulga 10 estratégias para a segurança das crianças nas estradas
BR

4 maio 2015

Motoristas devem controlar velocidade e supervisionar os menores nos veículos; Semana Global da ONU por Segurança nas Estradas começa nesta segunda-feira; acidentes de trânsito matam 186 mil menores por ano.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A terceira Semana Global da ONU por Segurança nas Estradas começa esta segunda-feira e segue até o dia 10 de maio. A Organização Mundial da Saúde, OMS, está divulgando um pacote de 10 estratégias para manter as crianças seguras nas rodovias.

As primeiras medidas são para os motoristas: sempre controlar a velocidade e reduzir o uso de bebidas alcóolicas caso a pessoa for dirigir. Ao andar de moto ou de bicicleta, a OMS lembra que o uso de capacete deve ser obrigatório.

Supervisão

Outras medidas são proibir que as crianças controlem os automóveis e melhorar a habilidade dos menores verem e serem vistos. Para reduzir riscos de acidentes, a agência da ONU pede melhorias nas infraestruturas das estradas, que os menores  sejam supervisionados nas rodovias e ruas e em caso de acidente, que seja fornecido tratamento adequado para crianças feridas.

A OMS defende também que os veículos tenham seu design adaptado e a implementação da carteira de motorista graduada, ou seja, programas que permitam os jovens aprender a dirigir com segurança, antes que recebam uma licensa completa para dirigir.

Mortes

Segundo a OMS, as medidas são importantes porque mais de 186 mil menores de 18 anos morrem por ano em acidentes de automóveis. Em países de rendas baixa e média, o índice de mortes chega a ser três vezes maior.

No mundo todo, ferimentos causados por acidentes nas estradas são a principal causa de morte de adolescentes entre 15 e 17 anos. Entre crianças de zero a 19 anos mortas em acidentes de trânsito, 38% eram pedestres, 36% eram passageiros de automóveis, 14% motociclistas, além de motoristas e ciclistas.

A OMS está promovendo as ações nas mídias sociais com a hashtag #savekidslives ou “salve a vida das crianças”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud