Unicef diz que 800 mil crianças foram forçadas a fugir da violência na Nigéria

14 abril 2015

Cerca de 800 mil crianças foram forçadas a fugir de suas casas na Nigéria por causa do conflito no nordeste do país entre o grupo Boko Haram, forças militares e grupos civis de autodefesa.

Os dados estão em novo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, divulgado nesta segunda-feira, 13 de abril.

O documento marca um ano do sequestro de mais de 200 meninas em uma escola em Chibok. O relatório "Infâncias Perdidas" revela que o número de crianças fugindo para salvar suas vidas dentro da Nigéria ou atravessando as fronteiras para o Chade, Níger e Camarões mais do que dobrou em menos de um ano.

Confira mais informações com Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da GloboNews.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud