ONU alerta que situação humanitária está piorando a cada hora no Iêmen
BR

10 abril 2015

Coordenador humanitário afirmou que conflito afeta 15 dos 22 estados do país; Johannes Van Der Klaauw disse que antes da escalada da violência 16 milhões precisavam de ajuda.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU alertou que a situação humanitária no Iêmen está piorando a cada hora.

O coordenador humanitário das Nações Unidas para o país, Johannes Van Der Klaauw, afirmou que antes da escalada da violência na região, 16 milhões de pessoas precisavam de ajuda humanitária.

Serviços Básicos

Segundo ele, o conflito afeta 15 dos 22 Estados e milhões de civis correm risco de morte e ferimentos devido aos confrontos e aos ataques aéreos. Além disso, Van Der Klaauw cita “o desmoronamento dos serviços básicos, como cuidados de saúde, fornecimento de água e comida”.

O coordenador da ONU declarou que o conflito está agravando as necessidades das pessoas mais vulneráveis e colocando outras em grave risco.

Ele explicou que as famílias iemenitas estão sofrendo para ter acesso aos serviços básicos e milhares tiveram de fugir de suas casas por causa dos confrontos. Muitos conseguiram chegar de barco à Somália e Djibouti.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, informou que pelo menos 900 pessoas chegaram aos dois países nos últimos dias.

Carregamento

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, conseguiu entregar, nesta sexta-feira, o primeiro carregamento de suprimentos médicos no aeroporto de Sanaa, a capital do Iêmen.

O Unicef disse que os hospitais estão sob pressão para atender um número cada vez maior de pessoas e alertou para o risco de um aumento de surtos de doenças com a interrupção dos sistemas de água e saneamento.

Segundo a ONU, desde 19 de março o conflito no Iêmen causou a morte de mais de 640 pessoas e feriu mais de 2,2 mil.

Leia Mais:

Especialista da ONU pede preparo para a "pior das hipóteses" no Iêmen

Conflito no Iêmen tem consequências intoleráveis para as crianças

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud