Para Ban, mobilização de recursos domésticos é vital na agenda pós-2015
BR

8 abril 2015

Assembleia Geral faz reunião com líderes do setor privado e da sociedade civil em preparação para Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento; secretário-geral falou sobre vulnerabilidades do sistema.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral das Nações Unidas afirmou, esta quarta-feira, que o mundo precisa de uma “rede de financiamento previsível e eficaz” para o alcance do desenvolvimento inclusivo e sustentável.

Ban Ki-moon falava a representantes do setor privado, numa reunião na sede da ONU, em Nova York. O encontro de dois dias é uma preparação para a Terceira Conferência Internacional sobre Financiamento para o Desenvolvimento. O evento ocorrerá em julho, em Adis Abeba, capital da Etiópia.

De acordo com o chefe da ONU, a crise global expôs riscos e vulnerabilidades do sistema financeiro internacional. Ban disse ainda que as desigualdades estão aumentando em muitos países.

Na avaliação de Ban Ki-moon, todas as fontes de financiamento precisam ser aproveitadas, sejam elas públicas ou privadas, nacionais ou internacionais. Ele afirmou que a mobilização de recursos domésticos será “crucial” para o sucesso da nova agenda global de desenvolvimento.

Ele lembrou, porém, que em muitos países continua sendo difícil obter fundos públicos, devido à evasão fiscal ou à sonegação de impostos. Durante seu discurso, o secretário-geral citou alguns desafios onde o financiamento tornou-se “insustentável”, como mudança climática, catástrofes naturais e perda da biodiversidade.

A epidemia de ebola foi outro exemplo mencionado por Ban Ki-moon, porque administrar a crise custa caro, o que acaba ameaçando prejudicar todas as conquistas alcançadas até agora.

Nesta quinta-feira, será a vez das Nações Unidas ouvirem as propostas e ideias da sociedade civil. Sobre a conferência internacional sobre financiamento em Adis Abeba, o secretário-geral acredita que será um encontro importante para criar as bases da agenda de desenvolvimento pós-2015.

*Apresentação: Leda Letra.

Leia Mais:

ONU diz que agenda 2015 pode ajudar pessoas com síndrome de down

Ban diz que redução do risco de desastres deve fazer parte da agenda pós-2015 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud