Chefe do Ocha preocupada com segurança de civis em conflito no Iémen

6 abril 2015

Valerie Amos pediu a todos os envolvidos  que cumprar suas obrigações sob lei internacional para proteger homens, mulheres e crianças;  voos de emergência preparados para entregar ajuda ao país.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A subsecretária-geral da ONU para Assuntos Humanitários, Valerie Amos, afirmou estar “extremamente preocupada” com a segurança de civis apanhados no meio de fortes combates no Iémen.

Ela pediu que todos os envolvidos cumpram suas obrigações sob a lei internacional e façam o que for possível para proteger homens, mulheres e crianças que estão a sofrer as consequências do conflito.

Alvos

A chefe do Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, declarou que os envolvidos nos confrontos devem garantir que hospitais, escolas, campos de refugiados e deslocados internos e infraestrutura civil não sejam alvos nem usados com fins militares.

Segundo Amos, apesar de grandes perigos, as agências da ONU e parceiros humanitários estão a coordenar com o Crescente Vermelho no Iémen e as autoridades locais a entrega de assistência.

Violência

De acordo com as últimas estimativas da Organização Mundial da Saúde, OMS, 549 pessoas morreram e 1.707 ficaram feridas pela violência no país entre 19 de março e 3 de abril. Isto inclui pelo menos 217 civis mortos e 516 feridos.

Segundo o Ocha, os relatos de deslocamentos continuam, mas não há estimativas gerais disponíveis. Proteção, água e saneamento, entre outros, continuam sendo grande parte das necessidades humanitárias básicas.

O escritório afirma ainda que conflito em curso e ataques áereos continuam a restringir o acesso humanitário.

Cruz Vermelha

O Comité Internacional da Cruz Vermelha conseguiu permissão para pousar, no Iémen, aviões carregados de  ajuda humanitária, incluindo funcionários e medicamentos.

A entidade destaca que o Iémen enfrenta uma emergência humanitária, com intensificação do conflito no porto de Áden, sul do país, enquanto tropas do governo lutam contra os combatentes houthis.

Leia Mais:

Cruz Vermelha prepara voos de emergência para entregar ajuda ao Iêmen

Conselho de Segurança debate situação no Iêmen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud