ONU anuncia painel para investigar morte de ex-secretário-geral
BR

16 março 2015

Dag Hammarskjöld morreu num acidente de avião em setembro de 1961; membros do painel são da Tanzânia, da Austrália e da Dinamarca.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas anunciaram, esta segunda-feira, os integrantes do Painel Independente de Especialistas que irá avaliar novas informações relacionadas à trágica morte do ex-secretário-geral da ONU, Dag Hammarskjöld.

O líder da ONU, Ban Ki-moon, nomeou o chefe de Justiça da Tanzânia, Mohamed Chande Othman, para presidir o painel. Os outros dois membros serão o representante da Austrália na Organização Internacional da Aviação Civil, Kerryn Macaulay, e um especialista em balística do Centro Nacional de Serviços Forenses da Polícia Nacional Dinamarquesa, Henrik Larsen.

Acidente

O painel começa seu trabalho no próximo dia 30, com a tarefa de examinar o valor de novas informações sobre a morte de Hammarskjöld e da delegação que o acompanhava no voo. O avião em que estavam caiu na área que hoje é a Zâmbia, na madrugada de 17 para 18 de setembro de 1961.

O grupo de investigação foi estabelecido por uma resolução da Assembleia Geral em dezembro do ano passado. Agora, os três integrantes devem produzir e apresentar um relatório ao secretário-geral em junho.

A Assembleia Geral também pede aos Estados-membros que compartilhem qualquer informação relevante relacionada ao acidente de avião que matou Dag Hammarskjöld.

Leia também:

ONU aprova nova investigação sobre morte de ex-secretário-geral

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud