Relatora alerta para exploração sexual de menores e novas tecnologias

12 março 2015

A relatora especial da ONU sobre a Venda de Crianças, Prostituição Infantil e Pornografia Infantil disse que as novas tecnologias estão facilitando a prática de crimes de exploração sexual e novas formas de comportamento explorador.

Falando nesta quarta-feira no Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, Maud de Boer-Buquicchi citou como exemplo a transmissão online do abuso infantil.

Ela mencionou um estudo sobre novos desafios, ameaças, formas e tendências na venda e exploração sexual de crianças. Para relatora, tais atos são "facilitados pela rápida evolução das novas tecnologias" e a intenção do trabalho é fornecer respostas para garantir a proteção dos menores.

Confira os detalhes na reportagem de Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da Globo News.