Conselho de Segurança pede atenção para processo eleitoral no Burundi

19 fevereiro 2015

Órgão que que governo do país estabeleça um clima de liberdade e abertura para realizar eleições no fim do ano; países-membros estão preocupados com relatos de intimidações, prisões arbitrárias e assédio.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança da ONU pediu ao governo do Burundi que estabeleça um clima de liberdade e abertura para a realização das eleições neste ano.

Os países membros se mostraram preocupados com os relatos de prisões arbitrárias, intimidações, assédio e outras medidas que impedem os direitos de liberdade de expressão e de realizar reuniões pacíficas.

Código de Conduta

O órgão elogiou a adoção unânime pela população do Código Eleitoral e do Mapa das Eleições, além do código de conduta dos partidos políticos, com a ajuda da Missão da ONU no Burundi.

O Conselho de Segurança pediu ao governo que “faça mais para dar espaço aos partidos políticos, incluindo a oposição extraparlamentar e para melhorar o diálogo entre as diversas facções políticas com o objetivo de conduzir as eleições de 2015”.

Os integrantes do órgão citaram ainda as ameaças contra jornalistas e representantes da sociedade civil e querem que o governo adote as medidas necessárias para garantir o exercício dos direitos fundamentais de toda a população.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud