Vice-secretário-geral discute estratégia de retirada da Unamid do Sudão

13 fevereiro 2015

Jan Eliasson reuniu-se com o assistente do presidente Omar Hassan-Al Bashir, Ibrahim Ghandour, para avaliar a situação no país; o vice-chefe da ONU expressou preocupação com as contínuas alegações de estupro em massa em Darfur.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, reuniu-se esta sexta-feira com o assistente do presidente do Sudão, Omar Hassan Al Bashir, para discutir a situação no país.

Eliasson e Ibrahim Ghandour, que também é o vice-presidente do partido do Congresso Nacional, conversaram sobre uma estratégia de saída para as forças da Missão da ONU no Sudão, Unamid.

Diálogo Nacional

Eles debateram o processo de diálogo nacional proposto pelo presidente Al Bashir e os esforços para pôr um fim às hostilidades nas regiões de Kordofan e Blue Nile, no sul do país.

Eliasson reforçou a necessidade de se acabar com a violência nestas duas áreas e garantir o acesso humanitário às pessoas que mais precisam de ajuda.

O vice chefe da ONU ressaltou também a importância de um diálogo nacional inclusivo e transparente para que se possa alcançar uma paz duradoura e desenvolvimento no Sudão.

Eliasson expressou profunda preocupação com as contínuas alegações de estupro em massa no vilarejo de Thabit, em Darfur. Ele pediu ao governo sudanês que permita o acesso da Unamid para que possa ser feita uma investigação completa sobre o caso.

Leia Mais:

Ban saúda iniciativa de diálogo nacional abrangente no Sudão

Ban preocupado com onda de violência que deslocou mais de 36 mil em Darfur

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud