Ucrânia deve receber US$ 17,5 bilhões do Fundo Monetário Internacional
BR

12 fevereiro 2015

Missão do FMI encerrou visita a Kiev esta quinta-feira e definiu apoio ao programa de reforma econômica do país; objetivo é recuperar a estabilidade macroeconômica e promover forte crescimento a médio prazo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Fundo Monetário Internacional, FMI, anunciou que poderá repassar US$ 17,5 bilhões para a Ucrânia durante quatro anos, em apoio ao programa de reforma econômica do país. A quantia é equivalente a R$ 50 bilhões.

Uma missão do FMI encerrou uma visita a Kiev esta quinta-feira, após ter discutido com as autoridades locais o programa de reforma. O acordo com o FMI deve facilitar ajuste fiscal, com a meta de recuperar a estabilidade macroeconômica e promover forte crescimento a médio prazo.

Desafios

Segundo o FMI, esperam-se ainda recursos adicionais da comunidade internacional. O acordo financeiro está sujeito à aprovação do Conselho Executivo do órgão, que deve se reunir nas próximas semanas.

As políticas do novo acordo buscam tratar vários desafios da economia ucraniana. O FMI destaca que no ano passado, a atividade econômica do país teve redução entre 7% e 7,5% do Produto Interno Bruto, PIB. A causa foi o conflito no leste, que afetou a base industrial e as exportações.

Energia

Reformas no setor de energia ganham destaque, com uma estratégia para ampliar a eficiência e a independência; ampliar a produção doméstica de gás e reestruturar a companhia Naftogaz.

Também esta quinta-feira, agências de notícias informam sobre um acordo de cessar-fogo para acabar com o conflito no leste do país.

A trégua entra em vigor no próximo dia 15, num acordo alcançado pelos presidentes da Rússia, da Ucrânia, da França e pela chanceler federal da Alemanha. Vladimir Putin, Petro Poroschenko, François Hollande e Angela Merkel reuniram-se na Belarus.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud