Entrevista: Catarina Furtado

6 fevereiro 2015

Neste 6 de fevereiro, as Nações Unidas marcam o Dia Internacional de Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina.

Sobre o assunto, a Rádio ONU entrevistou a apresentadora portuguesa e embaixadora do Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa. Catarina Furtado já visitou comunidades onde a prática ocorre e lembrou uma conversa que teve com uma mulher na Guiné-Bissau: “Era uma senhora bastante velha, mas que fazia com aquela mesma faca, uma faca velhíssima, oxidada, e era aquela faca que tinha feito o corte em tantas meninas e em tantas mulheres.”

Como embaixadora do Unfpa, Catarina Furtado conscientiza as pessoas sobre a importância de eliminar a mutilação genital feminina. Nesta entrevista, ela fala sobre as implicações para a saúde e a esperança da prática ser eliminada.

Catarina Furtado foi entrevistada por Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud