Seis soldados de paz da ONU morrem em acidente na Côte d’Ivoire
BR

4 fevereiro 2015

Boinas-azuis do Egito seguiam em missão quando pneu do automóvel em que estavam estourou; em quase 15 anos, foram mortos 92 soldados de paz da Operação da ONU na Côte d’Ivoire.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

A Operação das Nações Unidas na Côte d’Ivoire, Unoci, informou com pesar, esta quarta-feira, a morte de seis soldados de paz do contingente do Egito. Eles sofreram um acidente na terça-feira, numa rodovia entre Yamoussoukro e Abidjan.

Os boinas-azuis egípcios tinham entre 22 e 44 anos de idade e serviam a Unoci desde setembro. Os soldados trabalhavam numa base de engenharia militar da missão da ONU no país também conhecido como Costa do Marfim.

Estrada

Segundo a missão, os seis capacetes azuis estavam a caminho de uma tarefa em Abidjan, quando um dos pneus do veículo em que viajavam estourou, levando o automóvel a desviar da rodovia.

A Unoci está em atividade desde abril de 2004 e com este último acidente, subiu para 92 o total de soldados de paz que morreram enquanto trabalhavam para a missão. Na nota, a Unoci envia condolências ao contingente do Egito e aos familiares das vítimas.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.