Doação do Japão deve alimentar mais de 800 mil crianças sudanesas

21 janeiro 2015

PMA promete apoiar 2,7 milhões de menores somente em Darfur; agência vai continuar a entregar alimentos e a levar a cabo programas para prevenir e tratar a desnutrição no país africano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Programa Mundial Alimentação, PMA, anunciou esta quarta-feira uma contribuição japonesa para iniciativas de distribuição de refeições nutritivas no Sudão. Pelo menos 862 mil crianças em idade escolar serão abrangidas.

Em dois meses, os US$ 3,2 milhões devem servir para a alimentação escolar de mais de 600 mil beneficiários na região sudanesa de Darfur. Outras 261 mil  crianças serão das outras partes do país africano.

Beneficiários

A agência considera 2015 como um ano crucial, por pretender alimentar  2,7 milhões de menores somente em Darfur. Em todo o Sudão,  3,7 milhões de crianças serão beneficiadas.

As ações do PMA incluem distribuição alimentar geral e programas de entrega de comida pela formação e pelo trabalho. As iniciativas são para prevenir a desnutrição e tratar mulheres e crianças que sofrem com o problema.

No segundo semestre, o foco serão atividades de auxílio e de ajuda na reconstrução a ser dada às comunidades que recuperam do impacto do conflito que dura há mais de 12 anos.

Leia mais em:

ONU quer que Sudão investigue imediatamente ataque a tropas de paz

Darfur teve mais 450 mil deslocados desde o princípio do ano

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud