Após novo combate na Ucrânia, ONU faz apelo por fim de hostilidades
BR

19 janeiro 2015

Secretário-geral ficou “alarmado” com a gravidade dos conflito para o controle do aeroporto de Donetsk, no leste do país; Ban Ki-moon “implora” aos lados envolvidos que respeitem o acordo de Minsk e acabem com as hostilidades.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral das Nações Unidas declarou, no domingo, estar “alarmado com a escalada severa dos combates pelo controle do aeroporto de Donetsk, no leste da Ucrânia”.

Segundo agências de notícias, tropas do governo e rebeldes pró-russos continuam, esta segunda-feira, lutando pelo controle do aeroporto, o que causou a destruição de uma ponte local.

Cessar-Fogo

Numa nota divulgada por seu porta-voz, Ban Ki-moon “implora” aos lados em conflito para cumprirem os compromissos firmados no Protocolo de Minsk, com o primeiro passo sendo o fim imediato e completo das hostilidades.

Ban lembra que confrontos ao redor do aeroporto já causaram várias mortes e ameaçaram desfazer o cessar-fogo duramente conquistado em setembro do ano passado.

O secretário-geral também reforça que deve ser evitada, a todo custo, a piora de uma situação que já causou perdas de vidas e muito sofrimento aos civis.

Ele destaca que as Nações Unidas continuam prontas para ajudar em todos os esforços que levem ao fim da violência e ao retorno de um processo de paz genuíno para restaurar a estabilidade e a integridade territorial da Ucrânia.

*Apresentação: Leda Letra.