Chefe da Missão da ONU na RD Congo define prioridades para 2015

8 janeiro 2015

Entre elas estão operações militares contra o grupo Fdlr e desenvolvimento económico do leste do país; Conselho de Segurança reunido sobre a situação do país africano nesta quinta-feira.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão de Estabilização da ONU na República Democrática do Congo, Monusco, definiu três prioridades para 2015.

São elas as operações militares contra as Forças Democráticas de Libertação do Ruanda, Fdlr, o desenvolvimento económico do leste do país e a implementação dos acordos de Adis Abeba.

Conselho de Segurança

O anúncio foi feito pelo chefe da Monusco, Martin Kobler, na quarta-feira.

Também neste dia, o secretário-geral da ONU falou ao telefone com o presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, e pediu ação decisiva contra o Fdlr.

O prazo para a rendição incondicional do grupo armado esgotou-se a 2 de janeiro. Ban Ki-moon saudou a garantia do presidente congolês de que seu governo está pronto para agir e mencionou que a Monusco também está pronta a atuar com o exército do país africano.

O Conselho de Segurança reúne-se nesta quinta-feira em Nova Iorque sobre a situação na RD Congo.

Leia mais:

Ban fala com presidente da RD Congo e pede ação decisiva contra Fdlr

Tropas da ONU prontas para ação militar para desarmar rebeldes na RD Congo

Chefe da Missão da ONU elogia operações contra grupos armados na RD Congo

Angola fala de ação na RD Congo em dia de estreia no Conselho de Segurança