Unicef alerta para “séria” situação de nutrição de crianças deslocadas na Síria
BR

26 dezembro 2014

Relatório divulgado esta semana pela agência da ONU mostrou alto nível de desnutrição aguda em três regiões do país; documento relata que quase 80% das famílias que fugiram de suas casas dependem de ajuda para comer.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Um relatório lançado esta semana pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, alerta para uma “séria” situação de nutrição de crianças deslocadas e menores de cinco anos na Síria.

O documento mostrou que o alto nível de desnutrição aguda, mais de 10%, foi detectado em três regiões, Hama, Alepo e Deir-ez-Zor.

Famílias

Em novembro, o Escritório de Assistência Humanitária da ONU, Ocha, já havia divulgado relatório dizendo que 4 milhões de crianças e mulheres estavam sofrendo de desnutrição no país.

Segundo o Unicef, quase 80% das famílias deslocadas dependem de ajuda para comer. Outra parte informou não ter alimentos suficientes para todos e a maioria afirmou que foi obrigada a reduzir o número de refeições diárias.

A representante da agência na Síria, Hanaa Singer, disse que “o estudo mostra um quadro perturbador do impacto contínuo do conflito sobre a situação da nutrição”.

Para 2015, o Unicef afirmou que vai precisar de US$ 21,1 milhões, quase R$ 59 milhões, para melhorar o programa de nutrição no país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud