Entrevista: Presença da ONU ainda é fundamental no Haiti

24 dezembro 2014

O general brasileiro José Luiz Jaborandy Júnior comanda o contingente militar na Missão da ONU no Haiti, Minustah. No ano em que as forças brasileiras fecharam uma década do país, o oficial afirma que a presença dos soldados da paz ainda é fundamental.

A conversa com a Rádio ONU, de Porto Príncipe, retrata a forma como as forças internacionais são vistas perante as divergências políticas. No domingo, foi nomeada a nova primeira-ministra interina, Florence Guillaume.

A entrevista aborda ainda as as campanhas de apoio humanitário e as atividades das forças da ONU para beneficiar comunidades haitianas carenciadas.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 05'37"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud