ONU preocupada com falta de avanços entre Sudão e Sudão do Sul

12 dezembro 2014

Comunicado dos 15 países-membros do Conselho de Segurança pede reunião urgente para abordar segurança; pronunciamento exige ação sobre área de Abyei e insta ao entendimento entre Cartum e rebeldes do Splm-n.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Os Estados-membros do Conselho de Segurança apelaram aos líderes do Sudão e do Sudão do Sul para que realizem uma reunião de segurança de alto nível o mais rápido possível.

Em comunicado, os 15 países que compõem o órgão exortam às partes a abster-se de violência contra civis e a agilizar o acesso humanitário para que seja distribuída ajuda aos necessitados. Os membros do Conselho também criticaram a falta de progressos em relação aos acordos bilaterais de novembro do ano passado.

Combates

Os integrantes do órgão expressaram a sua preocupação com a falta de evolução relativamente aos fatores que causaram combates ocorridos nos estados sudaneses de Kordofan do Sul e Nilo Azul.

Esta semana, o Conselho teve um informe do sub-secretário-geral para Operações de Paz, do chefe do Escritório das Nações Unidas para a União Africana e do responsável da Força de Segurança Interina para Abyei.

O Sudão e o Sudão do Sul também foram instados a aceitar a proposta tripartida da União Africana, das Nações Unidas e da Liga Árabe para permitir o acesso humanitário à população.

Corredor Humanitário

Em setembro de 2012, ambos assinaram um acordo de cooperação sobre a segurança e o estabelecimento de um corredor humanitário no Sudão para facilitar a prestação de assistência humanitária às populações afetadas no Sudão do Sul.

O pronunciamento diz não ter havido avanços em relação à segurança e a administração da área de Abyei, rica em recursos naturais e disputada pelas duas partes.

O comunicado apela ao arranque urgente da criação de instituições administrativas e do serviço policial para monitorizar a área.

O Conselho apelou ao Governo de Cartum e ao Movimento de Libertação do Norte do Sudão, Splm-n, a cooperar para uma solução negociada sobre as medidas de segurança no estados sudaneses de Nilo Azul e Kordofan do Sul.

A proposta para o efeito foi avançada pelo Painel de Implementação de Alto Nível da União Africana e a Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud