Na ONU, empreendedora ugandesa narra sucesso impulsionado pela mandioca

11 dezembro 2014

Beatrice Ayuru concebeu uma das maiores escolas do seu país após vender o alimento; evento TEDx será o primeiro apresentado no complexo da organização em Genebra.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A empresária ugandesa Beatrice Ayuru faz parte dos 11 palestrantes do primeiro evento TEDx, a decorrer no complexo das Nações Unidas em Genebra, nesta quinta-feira.

Sob o tema "Das mandiocas às salas de aula", Ayuru deve contar como a venda do alimento ajudou a compor a renda de professora. A sua história e experiência culminaram com a abertura de uma escola rural para carenciados no ano 2000, particularmente para meninas de todo o país.

Futuro

O evento TEDx expõe uma série de histórias de ajuda contadas por inovadores, humanistas, empresários, cientistas e pacificadores. O foco é no impacto dos personagens para buscar soluções para os desafios atuais e para moldar o futuro.

Ayuru foi financiada pelo programa de empreendedorismo Empretec, da Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad. A escola que fundou, no norte do Uganda, é considerada umas melhores do país. A iniciativa foi galardoada com o Prémio Empretec para  Mulheres nos Negócios de 2010.

Crianças

A Lira Integrated School está numa região rural pobre que foi assolada pela guerra civil. O estabelecimento também acolhe crianças de famílias pobres que não podem pagar as propinas, ou que sejam afetadas pela guerra e pelo HIV/Sida.

As apresentações relacionadas à realidade africana incluem a da estilista etíope Mahlet Afework e o testemunho do envolvimento do médico canadiano Bruce Aylward no combate ao ébola. A iniciativa pode ser acompanhada online em www.tedxplacedesnations.ch