Entrevista: moçambicana conta testemunho de violência

6 dezembro 2014

Laila Dava falou à Rádio ONU de Maputo, durante a 6ª Marcha contra a Violência a Mulher. O evento decorreu este sábado sob o lema “Pela paz em casa, pela paz no mundo”.

O testemunho da jovem de 18 anos, que é membro do Movimento das Jovens Feministas de Moçambique, Movfemme, destaca a violência e os motivos que a levaram a aderir à marcha.

O evento fez parte dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres e meninas. A ONG Hopem organizou a iniciativa, para ampliar a mensagem da ONU Mulheres.

Acompanhe a conversa com Ouri Pota.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud