Países debatem corte de emissões de carbono na COP 20 no Peru
BR

1 dezembro 2014

Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas serve de preparação para o acordo multilateral sobre corte de emissões de gases que causam efeito estufa; documento final deve ser aprovado em Paris, no ano que vem.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Começou esta segunda-feira a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, COP 20, em Lima, no Peru.

Diplomatas, cientistas e especialistas de 194 países vão debater até o dia 12 um novo acordo multilateral que obrigue os países a cortar emissões de gases que causam o efeito estufa a partir de 2020.

Impactos

O documento final deve ser aprovado e firmado pelas nações até dezembro de 2015, durante a próxima reunião, a COP 21, que será realizada em Paris no próximo ano.

Os participantes do encontro em Lima vão analisar os impactos das mudanças climáticas e as fórmulas de adaptação e mitigação para combater o problema.

Cada país deve apresentar propostas de como pretende reduzir as emissões de carbono. O objetivo é fazer com que o aumento da temperatura global fique  abaixo dos 2º C até 2020.

Ação Climática

A secretária-executiva da Convenção Quadro sobre Mudança Climática, Christiana Figueres, disse que “nunca antes os riscos da mudança climática foram tão óbvios e os impactos tão visíveis”.

Segundo Figueres, “nunca se viu tanto desejo para uma ação climática em todos os níveis da sociedade para se combater as emissões dos gases que causam o efeito estufa e para criar resiliência”.

A reunião em Lima acontece depois do acordo bilateral anunciado entre China e Estados Unidos, os dois países que mais emitem dióxido de carbono, CO2, no mundo.

Os governos americano e chinês concordaram em limitar a produção dos gases que causam o aquecimento do planeta pelos próximos 10 ou 15 anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud