Nações Unidas condenam “terrível” ataque em mesquita na Nigéria
BR

29 novembro 2014

Dezenas de pessoas morreram na ação na Mesquita Central de Kano, após homens armados terem explodido várias bombas no local; secretário-geral Ban Ki-moon reafirma apoio da organização à “luta da Nigéria contra o terrorismo”.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Mesquita Central de Kano, considerada uma das mais importantes do norte da Nigéria, foi alvo de um ataque na sexta-feira que deixou pelo menos 81 mortos e cerca de 100 feridos, segundo agências de notícias.

Ao condenar a ação, o secretário-geral da ONU classificou o ataque de “terrível” e reafirmou o apoio da organização à “luta da Nigéria contra o terrorismo”. Numa nota divulgada por seu porta-voz na noite de sexta-feira, Ban Ki-moon envia condolências aos familiares das vítimas e ao governo nigeriano.

Violência

Segundo relatos, homens armados teriam explodido várias bombas na mesquita e atirado contra os fieis. Ban apela às autoridades do país para que encontrem e levem os responsáveis à justiça. Na nota, o chefe da ONU destaca que nada justifica ataques contra civis.

Segundo a Agência da ONU para Refugiados, Acnur, a violência na Nigéria já levou 39 mil civis a buscar abrigo nos Camarões e outros 2,8 mil foram para o Chade. Segundo dados do governo, pelo menos 700 mil nigerianos estão deslocados em três estados do país: Borno, Yobe e Adamawa.