Ban cria Conselho para investigar conflito ocorrido em Gaza este ano
BR

10 novembro 2014

Secretário-geral disse que grupo vai avaliar fatos do último confronto entre israelenses e palestinos; especialistas vão investigar casos em que pessoas foram mortas ou feridas, além de danos causados a instalações da ONU.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, vai criar um Conselho de Inquérito interno e independente da ONU para investigar certos incidentes em Gaza, durante o conflito entre israelenses e palestinos.

O anúncio foi feito a jornalistas, esta segunda-feira, pelo porta-voz de Ban, Farhan Haq, na sede das Nações Unidas, em Nova York.

Revisar e Investigar

Haq disse que o grupo vai revisar e investigar incidentes ocorridos em instalações da ONU, na Faixa de Gaza, entre 8 de julho e 26 de agosto deste ano.

Segundo o porta-voz, o Conselho vai ser presidido pelo general holandês Patrick Cammaert. O grupo conta ainda com Maria Vicien-Milburn, da Argentina, Lee O’Brien, dos Estados Unidos, Pierre Lemelin, do Canadá e K.C. Reddy, da Índia.

No comunicado, Ban disse que o grupo investigará vários casos que resultaram em mortes ou ferimentos e ainda na destruição de prédios das Nações Unidas, incluindo escolas da agência da ONU de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa.

Armas

O Conselho vai revisar e investigar também os incidentes nos quais foram encontradas armas dentro das instalações da ONU.

Durante visita à região no mês passado, Ban já tinha pedido uma investigação completa sobre essas questões. Na época, o secretário-geral ficou chocado com o tamanho da destruição e disse que “nada poderia tê-lo preparado para o que viu na região”.

O conflito entre israelenses e palestinos causou a morte de mais de 2,1 mil palestinos, incluindo mais de 500 crianças, e mais de 70 israelenses. Mais de 100 mil casas foram destruídas ou danificadas durante os confrontos entre os dois lados.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud