PMA e MasterCard lançam plataforma de doações para merenda escolar
BR

6 novembro 2014

Iniciativa vale para a Itália,onde consumidores poderão decidir montante a enviar ao PMA a cada transação com cartão de crédito; pesquisa mostra que italianos continuam doando para causas humanitárias mesmo após a crise econômica.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, a companhia de cartões Mastercard e os Correios da Itália, Poste Italiane, lançam esta quinta-feira uma iniciativa para ampliar doações a causas humanitárias.

Com a plataforma “Causas Sem Preço”, disponível por enquanto apenas na Itália, os consumidores poderão ajudar a levantar fundos para projetos de merenda escolar do PMA em países em desenvolvimento.

Cadastro

Segundo a agência da ONU, os clientes do cartão PostePay Evolution podem a partir de agora fazer um registro online na nova plataforma e ativar microdoações automáticas.

Os italianos que fizerem o cadastro decidem o valor de cada doação, a partir de 10 centavos de euro. Com o sistema, o montante escolhido será enviado automaticamente para o PMA para cada transação feita com o cartão.

Causas

Ao lançar a campanha, a agência da ONU divulgou dados de uma pesquisa feita pela GFK Eurisko e pela Mastercard sobre os hábitos de doações dos italianos. O resultado mostra que apesar da crise econômica, os cidadãos continuam contribuindo para a caridade.

Pesquisas médicas e científicas recebem a maioria das doações, 32%. A segunda causa preferida dos italianos é a ajuda à luta contra a fome em países em desenvolvimento, seguida por emergências humanitárias.