Agências no Sudão do Sul retratam situação “calma, mas tensa” em Bentiu

4 novembro 2014

Na área do norte são oferecidos serviços de saúde, nutrição, água e saneamento; instalações da organização continuam a abrigar 47 mil pessoas que fugiram da violência.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

As Nações Unidas apontam para uma situação “calma, mas tensa” na cidade sul-sudanesa de Bentiu, onde prosseguem operações de auxílio humanitário para 47 mil pessoas abrigadas nas instalações da organização.

A área também dispõe de pessoal essencial que está a fornecer serviços de saúde, nutrição, água e saneamento.

Civis 

Confrontos entre o Exército de Libertação do Povo do Sudão, Spla, e forças da oposição causaram pelo menos um morto e seis feridos, na semana passada, devido a balas perdidas.

O Escritório de Assistência Humanitária, Ocha, aponta para cerca de 150 pessoas que recebem apoio de parceiros da organização, após terem procurado refúgio na igreja católica da cidade do norte. 

Abrigo

De acordo com a entidade, nos pacotes de auxílio estão incluídos alimentos, remédios e suprimentos básicos de abrigo que são acrescentados a outras necessidades.

Os eventos seguiram-se a confrontos próximo da Casa da ONU em Juba, que resultaram no ferimento de 60 pessoas incluindo dois soldados de paz. Após os eventos, o secretário-geral pediu às partes do conflito que cumpram com a obrigação de proteger os civis.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud