Assembleia Geral vota pelo fim do embargo econômico americano a Cuba
BR

28 outubro 2014

Foram 188 votos a favor e três abstenções; Estados Unidos e Israel votaram contra; sessão aconteceu nesta terça-feira.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.*

A Assembleia Geral da ONU votou, nesta terça-feira, pelo fim do embargo econômico, comercial e financeiro dos Estados Unidos contra Cuba.

A resolução foi aprovada com 188 votos a favor, dois contra, Estados Unidos e Israel e três abstenções, que foram das Ilhas Marshall, Palau e a Micronésia.

1992

Desde 1992, a Assembleia Geral aprova resolução pedindo o fim do embargo econômico contra Cuba. Este foi o 23º ano consecutivo em que a proposta é adotada pela maioria dos países-membros.

O documento pede as nações que ponham um fim ao bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos contra o governo cubano desde 1962.

A resolução reafirmou ainda outros princípios, como a igualdade das soberanias dos Estados, a não intervenção ou ingerência nos assuntos internos de outros países e a liberdade de comércio e navegação internacionais.

Ela cita ainda preocupação com a promulgação e aplicação de leis como a Helms-Burton, dos Estados Unidos, cujos efeitos extraterritoriais acabam afetando a soberania de outros países.

Apresentação: Edgard Júnior

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud