Moçambique terá vacina injetável contra poliomielite

24 outubro 2014

Medida será aplicada para consolidar a erradicação da condição no país, segundo representante do Unicef; Dia Mundial de Combate à Pólio é assinalado esta sexta-feira, 24 de outubro.

Ouri Pota, da Rádio ONU em Maputo.

O Dia Mundial de Comabte à Pólio é assinalado esta sexta-feira, 24 de outubro. A condição já foi erradicada de Moçambique, país que não regista nenhum caso desde 2004.

Segundo o representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, o número de casos em Moçambique tem diminuído 99% desde 1995.

Riscos

Em entrevista à Rádio ONU, em Maputo, Koenraad Vanormelingen disse que a eliminação total da pólio deve se vista como uma questão global, por isso é necessário acabar com casos em alguns países.

“Portanto se existe um caso de pólio no mundo, Moçambique fica em risco. Então como nós conhecemos neste momento casos endémicos ainda em Nigéria, Afeganistão e Paquistão e a reintrodução na Somália, Quénia e Sudão, Moçambique fica em risco.”

Nova Vacina

O representante do Unicef adianta que uma novidade para 2015 é a introdução de mais uma vacina contra o pólio em Moçambique.

“No próximo ano o país vai introduzir uma nova vacina contra a pólio, que vai ser uma vacina injetável. Então esta vai complementar a oral, que protege a criança, mas também se transmite no meio então vai proteger também o ambiente. Ou seja, o país vai complementar com uma vacina injetável e vai permitir progressivamente passar para a fase da consolidação da erradicação da pólio”.

O Dia Mundial de Combate à Pólio é marcado em 24 de outubro em homenagem ao nascimento de Jonas Salk, cientista que descobriu a primeira vacina segura e eficaz contra a infecção.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud